É preciso um indivíduo com uma dose grande de bom senso e de sensibilidade para conseguir dirigir, de maneira adequada, um documentário sobre esse ataque terrorista, ainda tão fresco na memória e nos corações de tantas pessoas em todo o mundo

Indicado ao Emmy pelo documentário “Terror em Mumbai” e vencedor do BAFTA pelo documentário “The Paedophile Hunter“, Dan Reed pode facilmente ser esse indivíduo, cujos premiados documentários “Terror in Moscow” (2009), “Terror in Mumbai” (2010), e “Terror at the Mall” (2014) demonstram a habilidade que ele tem em mãos de narrar esses acontecimentos e as consequências desses atos de terror sem sentido.

Three Days Of Terror: The Charlie Hebdo Attacks” vai se aprofundar na vida de policiais, reféns e outras pessoas envolvidas na tragédia, com entrevistas e filmagens exclusivas, proporcionando uma experiência inflexível sobre o pesadelo de três dias vivido por uma nação e seu epílogo.

Aqui está a sinopse oficial abaixo:

No dia  07 de janeiro de 2015, dois irmãos pertencentes à Al-Qaeda, no Iêmen, invadiu os escritórios do satírico semanal Charlie Hebdo em Paris, matando 11 pessoas e ferindo outras 11 pessoas, antes de matar um policial francês. Em meio a uma caçada humana pelos assassinos, um adicional de 5 pessoas foram assassinadas e mais 11 ficaram feridas em ataques relacionados ao massacre, no decorrer dos próximos dois dias, incluindo um angustiante confronto entre a polícia e um terceiro atirador, que alegava lealdade ao ISIS, em um supermercado perto do Porte de Vincennes, em Paris.

Baseado em entrevistas exclusivas com reféns, sobreviventes, policiais, forças paramilitares e achados da inteligência, bem como provas nunca antes vista, Dan Reed destaca a coragem e a resiliência da polícia parisiense e dos cidadãos da França, em “Three Days Of Terror: The Charlie Hebdo Attacks”.

O documentário estreia na HBO no dia 19 de setembro às 20h.


 

Captura de tela 2016-08-30 09.22.26