Estrelado por Jason Momoa, Jim Carrey, Keanu Reeves, Suki Waterhouse e Diego Luna, o filme, dirigido e escrito por Ana Lily Amirpour, mistura romance e terror em uma comunidade de canibais do Texas, EUA

Muito se espera de Ana Lily Amirpour desde que ela lançou seu filme “Garota Sombria Caminha pela Noite”, em 2014, seu primeiro romance de horror aclamado no Festival de Sundance. Esse ano a diretora reaparece com uma nova produção, chamada “The Bad Batch”, um filme empoeirado e apocalíptico, produzido por Megan Ellison e Vice Films, que conta um elenco pouco convencional, incluindo Suki Waterhouse, Jason Momoa, Giovanni Ribisi, Keanu Reeves e Jim Carrey.

Ambientada em um terreno baldio do Texas, onde reside uma comunidade de canibais, a distópica história de amor é descrita como uma misturas dos filmes “A Garota de Rosa-Shocking” (1986) e “Mad Max 2: A Caçada Continua” (1981).

O filme segue a história de uma jovem mulher que é capturada por um grupo de canibais liderado por Joe, interpretado por Jason Momoaque além de liderar a comunidade se apaixona por sua “presa”. No longa, o Keanu Reeves fará o personagem conhecido como “O Sonho”, enquanto Jim Carrey será “O Eremita”.

‘The Bad Batch’ — Clip 2

‘The Bad Batch’ — Clip 2

Publicado por The Playlist em Terça, 6 de setembro de 2016

Aqui está a sinopse do filme:

Samantha (Suki Waterhouse) anda através de um deserto infestado de canibais ao meio-dia, apenas um dos milhares de locais americanos considerados inaceitáveis para a sociedade civilizada. Enquanto passeia em seu exílio pelo deserto, ela é capturada por uma comunidade de canibais mas consegue escapar e logo acaba em outra comunidade de párias. Samantha sente-se segura mas sente que ainda não encontrou seu lugar. Em uma excursão fora dos limites da sua nova comunidade ela encontra um dos canibais que a fez de refém e ele acaba por exigir a ajuda dela. Mas será que ela vai conseguir ajudá-lo sem que seja abatida naquele mundo onde a selvageria é considerada essencial para a sobrevivência?

the-bad-batch-06setembro2016

Suki Waterhouse em “The Bad Batch” (2016)

O primeiro filme de Ana Lily Amirpour seguiu um caminho bem mais sensacionalista e sangrento, porém, segundos os comentários a respeito do seu novo longa, dessa vez a diretora usa o gênero de terror apenas como um pretexto altamente estilizado para fazer uma crítica social.

“The Bad Batch” teve sua estreia mundial no Festival de Cinema de Veneza, no dia 6 de setembro de 2016. Pouco depois, a Netflix adquiriu os direitos de distribuição do filme, que também foi exibido no Festival Internacional de Toronto, ontem, dia 8 de Setembro de 2016.