O filme sobre a viúva de John F. Kennedy foi dirigido pelo chileno Pablo Larraín e estrelado por Natalie Portman, baseado no roteiro de Noah Oppenheim

Quando “Jackie” foi selecionado para os festivais de Veneza e de Toronto, mas ficou de fora da lista do Festival de Telluride, todo mundo ficou com um pé atrás, ninguém entendeu como um filme centrado no assassinato de John F. Kennedy, que conta uma história americana por excelência poderia ficar de fora do único festival americano [dentre os três citados].

Na cena Jackie (Natalie Portman) bate de frente com Jack Valenti, interpretado por Max Casella, consultor da campanha presidencial de Kennedy, mostrando quem é que dá as ordens ali, mesmo em um momento de profunda dor e choque. A primeira-dama é introduzida no vídeo dizendo: “Vim falar sobre amanhã. Mudei de ideia. Teremos cortejo e vou acompanhar o caixão até a catedral.”

Valenti argumenta que já está tudo organizado e completa dizendo que o Serviço Secreto não concordaria com o desejo dela, mas Jackie não dá o braço a torcer e finaliza: “Não peça desculpas, avise aos convidados do funeral que eu acompanharei Jack amanhã, sozinha se for o caso.”

 

Os bons comentários sobre o filme no festival de Veneza parece ter atraído de volta as atenções para a produção. Todas as reações, até agora, deixa claro que “Jackie” não é um filme biográfico convencional, no entanto as observações sobre o desempenho de Portman foi a grande surpresa, já que até então não se comentava muito sobre a possibilidade dela figurar nas listas da temporada de premiações atual. Resta saber quem está disposto comprar essa briga e apostar na atriz.

E principalmente, será que os distribuidores do filmes estão dispostos a apostar na Natalie Portman? É quase certo que a maioria das pessoas que toma essa decisão ainda não viu “Jackie”, que deve fazer a sua estreia mundial em breve.

Além de Natalie Portman, o filme também é estrelado por Greta Gerwig, Peter Sarsgaard, Max Casella, Beth Grant, Billy Crudup, Richard E. Grant e John Hurt.

“Jackie” foi exibido pela primeira vez no Festival de Cinema de Veneza, em 7 de setembro de 2016, quando foi selecionado para concorrer ao Leão de Ouro no festival. Além disso, o longa será exibido no Festival Internacional de Toronto no próximo dia 11 de setembro de 2016.